#BoudoirFashionDay

Captura de Tela 2014-07-23 às 14.53.02

Essa foi a foto que eu escolhi para o Boudoir Fashion Day, celebrado hoje em todo país. Eu comentei no post anterior que fui convidada para ser jurada do movimento, né? Mas não poderia deixar de enviar a minha contribuição também em foto. Escolhi a minha camisola favorita como protagonista da foto (Na verdade as flores – tulipas – e o batom – Ruby Woo – também são favoritos, hehe). Gostaram? Estamos recebendo muitas fotos bacanas com a hashtag #BoudoirFashionDay. Não deixe de enviar a sua foto!!

Falando-Nisso

O termo francês Boudoir, na tradução literal, significa “Vestiário das Senhoras”. Ele  faz referência ao quarto íntimo de uma mulher, aonde elas se banhavam e trocavam de roupa lá por volta do século XIV. Na fotografia, o termo Boudoir está diretamente associado à sensualidade. Por definição, é um estilo fotográfico que retrata de forma glamourosa mulheres em momentos de intimidade, sejam vestidas ou em lingeries. Normalmente as fotos são feitas em ambientes fachadas decorados como um verdadeiro boudoir de antigamente.

Vem aí o Boudoir Fashion Day

Dez mulheres com uma paixão em comum se conectam num movimento de celebração a lingerie! Claro que eu, representando a Soft, não poderia ficar de fora. E eu quero convidar as lingerie lovers para participar! É o Boudoir Fashion Day, com début para esse sábado, 26 de julho.

gaveta lingerie

A iniciativa partiu da Paula Posser, proprietária do Arquiteta do Amor Blog & Boutique Online, que explica como surgiu a inspiração para criar esse movimento: “Faz parte do nosso dia-a-dia vestirmos para nos sentirmos confortáveis e confiantes. Nos acompanham desde a hora de dormir, ficar em casa, quando saímos para trabalhar, divertirmos ou para nos surpreender. Então decidimos que queríamos compartilhar este sentimento através de imagens”.

lingerie wine

Para participar basta publicar sua foto nas suas mídias sociais, marcando-as com a hashtag #BoudoirFashionDay. Ou, se preferir, pode enviar sua foto para o e-mail boudoirfashionday@arquitetadoamor.com.br, com suas hashtags favoritas.

Você pode fotografar…

  • Sua gaveta de lingeries;
  • Peças suas que tenham renda, tule, transparência. Pode ser robe, saia, anágua, blusa, vestido, etc;
  • Um detalhe do seu look aparecendo o sutiã, body, top, bralet preferido, hotpant no melhor estilo “outerwear”;
  • Seu momento lifestyle com sua lingerie sem que ela precise aparecer, só queremos saber o quanto você ama lingerie e como ela está inserida na sua vida, ex. você trabalhando, passeando e divertindo-se por aí!
  • Uma lingerie no cabide;
  • Fotografia boudoir;
  • Se você é dona de uma loja de lingerie ou que venda, poste uma vitrine bem linda para nós!;
  • Você se divertindo em qualquer lugar com sua lingerie favorita;
  • Fotos que te inspiram lingerie;
  • Uma ilustração, desenho com o tema lingerie;
  • Uma obra de arte com inspirações na lingerie. Vale escultura, pintura, cerâmica, xilogravura etc;
  • Souvenirs, livros, revistas, arquitetura, decoração e coisas que você adora que tenham essa inspiração;
  • Editoriais de moda e etc…

.

Estaremos envolvidas em escolher as fotos e publicá-las no site com todos os créditos. Participe!

Desejando: Bodys da Janiero

Eu estou numa fase de camisas sociais. É a primeira peça que eu pego no guarda-roupa quando não tenho muito tempo para pensar no look (algo constante nesses últimos dias, hehe). Elas são clássicas e elegantes, então não tem erro! Sem contar que facilitam na hora de amamentar fora de casa. Estou usando tanto esse tipo de peça, que senti a necessidade de dar uma atualizada nas produções. Baseado naquela regra da terceira peça eu cheguei até os bodys da Janiero.

JANIERO-collagedupla3

A Janiero é uma marca de underwear bem cool, que lança coleções a cada 3 meses. Ela já apareceu algumas vezes aqui no blog, com seus bralets e hotpants estilosos. Mas desta vez meu objeto de desejo são os bodys. Acho que eles cumpririam muito bem o papel da terceira peça no look e o deixaria mais interessante. Sem contar que eles ainda valorizam a silhueta e escondem aquelas gordurinhas chatinhas (algo super bem-vindo nessa fase pós-parto).

Os meus favoritos são:

Bodys Janiero

Quero usar principalmente com algumas camisas transparentes que eu tenho. Acho que vou acabar comprando o primeiro modelo. Não é um charme?! O que vocês acham?

A amamentação

Na maioria das vezes, a amamentação não é tão simples e fácil como deveria ser. Conversei com várias amigas que são mães e todas tiveram algum tipo de dificuldade para amamentar seus filhos. Isso era algo que me preocupava bastante porque eu sempre quis muito amamentar. E felizmente consegui!! Mas de fato não foi fácil, então vou compartilhar a minha experiência – ou melhor, o que funcionou comigo – para tentar ajudar as futuras mamães.

breastfeeding

Eu li bastante sobre a amamentação, sobre a posição ideal e sobre a tal pegada. Mas não tem jeito, você só pega na prática mesmo! De cara já não foi tão simples, pois eu tenho o que as enfermeiras chamavam de “mamilo plano”. Então o Lorenzo tinha dificuldades para segurar o bico e sugar direito. Recebi várias visitas das enfermeiras do banco de leite na maternidade e elas foram bem atenciosas. Tiveram paciência para me explicar todo o processo na prática e ajudar o Lorenzo na pegada, inclusive durante a madrugada.  Aproveitei para tirar todas as minhas dúvidas e fomos para casa.

Claro que em casa a história é sempre diferente né… O bico do meu peito ficou muuuuito ferido, chegou a sangrar. Cada sugada era extremamente dolorida. Toda pessoa próxima a mim tinha uma sugestão: “Coloca uma folha de repolho na geladeira e depois no peito… Coloca casca de banana no bico do peito”. Nada disso parecia fazer muito sentido. Eu queria usar minhas pomadas de lanolina, mas TODAS as enfermeiras da maternidade eram contra o uso. Elas alegavam que ia dificultar a mamada, pois a pomada faria a boca do bebê escorregar no bico. Então evitei usar nos primeiros dias.

No quinto dia após o parto o meu leite desceu (dizem que demora um pouquinho mais quando é cesárea né?!). Eu estava seguindo aquele conselho de “dormir quando o beber estiver dormindo”. Como o bico do peito estava muito ferido, eu estava dormindo sem sutiã, para evitar o atrito do tecido na pele. Quando acordei estava deitada sobre uma pequena poça de leite, com o peito super cheio, dolorido e empedrado. Tive que massagear e ordenhar (é esquisito dizer ordenhar né, mas realmente é o termo correto) o leite com as mãos mesmo, pois me falaram que a máquininha elétrica poderia atrapalhar a produção do leite.

Na madrugada do dia seguinte, no auge do desespero por não conseguir amamentar (tamanha a dor que estava sentindo e com o peito todo empedrado) eu já estava chutando o balde. Então resolvi usar a máquina de tirar leite da Medela (que mostrei nesse post aqui). Gente, foi a salvação! Ela esvaziou o peito e com isso diminuiu as pedras. Com um pouquinho de massagem elas foram embora. Depois não empedrou mais! Aí eu decidi usar as pomadas de lanolina também, para cicatrizar o bico do peito que já estava sangrando. Usei a da Medela e a da Lansinoh, e sinceramente não vi diferença entre elas. Foi o que salvou a minha amamentação. Na outra semana o bico já estava completamente cicatrizado e eu já não sentia dor nenhuma.

Hoje eu amo amamentar! Acho uma delícia essa interação e troca de carinho entre o meu filho e eu. Adoro até mesmo quando a mãozinha dele fica apertando uma gordurinha chatinha que eu tenho debaixo do braço, hehehe. Agora ele quer exclusividade total. Fica bravinho quando eu converso com alguém ou mexo no celular enquanto amamento. Tem que ser olho no olho! E eu me derreto toda né? Então meu conselho para as futuras mamãe é de que vai passar! Não desista de amamentar no desespero da madrugada. Procure maneiras de aliviar o seu incomodo. Vai valer a pena insistir!

E as leitoras que já são mamãe, tem dicas de amamentação? Compartilhe nos comentários o que funcionou com vocês.

Journelle

Na semana passada eu mostrei uma camisola super charmosa da Journelle nesse post aqui, lembram? Ai fiquei com vontade de falar um pouquinho mais sobre a marca…

Journelle

A Journelle é uma loja de lingerie em New York que vende grifes como ChantelleElle Macpherson IntimatesMylaLa PerlaStella McCartneyL’Agent… Todas essas marcas já apareceram aqui no blog (algumas delas mais de uma vez). Ou seja, só vende grife top e que eu gosto, hehe!

Journelle-15

O nome Journelle vem do termo francês journellement que significa diariamente. A ideia de sua fundadora, Claire Chambers, é que as mulheres se sintam bem sempre, usando belas lingeries no dia-a-dia. Eu acredito muito nesse conceito, tanto que sempre comento aqui no blog que uma boa lingerie é capaz  de levantar a auto estima de qualquer mulher, independentemente da companhia.

Journelle-18

A loja tem uma seleção de peças bem bacana. Sem contar que o ambiente é super charmoso.  Quem estiver visitando a cidade e ama lingeries não pode deixar de conhecer. São três unidades: uma no Upper East Side, outra na Union Square e também no Soho.

12345