Chile, Viagens

Chile: Vinícolas

Já dei dicas de hospedagem em Santiago. Dei algumas dicas de compras e até mesmo gastronômicas. Mas não poderia deixar de falar sobre o principal motivo de ter optado pelo destino Chileno: Os Vinhos e suas famosas Vinícolas. Essa viagem a Santiago foi o meu presente de aniversário ao marido. Ele morou um tempo na França, onde aprendeu (e me ensinou) à apreciar a bebida. Então escolhi o presente pensando no roteiro etílico, rs.

O Passeio a Vinícola de Undurraga é imperdível! Na visita você ira conhecer todo o processo de fabricação, desde o plantio, a colheita (com direito a provar a uva direto do pé), ao processamento, engarrafamento e a reserva dos vinhos. Germano, nosso guia, foi atencioso e apresentou todos os detalhes com muito bom humor e conhecimento do assunto. Vi vários elogios a ele na internet e posso dizer que ele merece todos! Ao final do passeio, você participa de uma degustação de 4 vinhos (Sauvignon Blanc, Merlot, Cabernet e um vinho de sobremesa) e ainda leva a taça para casa.

Endereço: Camino a Melipilla, Km. 34, Talagante, Chile. | site | Ingresso: $ 30.000 pesos

A Concha y Toro é sem dúvida a vinícola Chilena mais famosa. E não é pra menos… Ela representa 37% do mercado interno chileno e 31% das exportações chilenas de vinho. No passeio você irá acompanhar todo o processo de fabricação do vinho (porém o passeio na Undurraga é mais completo e com mais detalhes) e também conhecerá a famosa lenda do Casillero del diablo. O tour inclui a degustação de dois rótulos: o Casillero e o Marques de Casa Concha. E aqui você também ganha uma taça… O problema é que você a recebe logo no início, então tem que carrega-la por todo o passeio.

Endereço: Avda. Virginia Subercaseaux 210, Pirque, Santiago, Chile. | site | Ingresso: $ 15,00 dólares

Os vinhos no Chile tem um preço bem mais em conta! É possível comprar bons vinhos em qualquer supermercado da cidade. Os melhores eu optei por comprar no Baco Vino y Bistro, que também funciona como um restaurante de comida francesa muito bem recomendado. Fui muito bem atendida pela Sommelier Marina, que por sinal é Brasileira. Ela entende muito de vinhos e me deu ótimas sugestões. Comprei vinhos de boutique simplesmente perfeitos, por um preço bem digno.

Endereço: Nueva de Lyon, 113 e Sta Magdalena, 116 – Providencia  | Reservas: 231 4444

Para que você traga os vinhos com segurança, sugiro que compre as air bags. Elas podem ser encontradas em casas especializadas ou nas próprias vinícolas. Eu comprei as minhas na Undurraga e na loja de departamento Paris por pouco mais de $ 1.000 pesos.

Ah, um detalhe importante: Não se esqueça de verificar quantos litros você pode trazer na viagem. Normalmente isso varia em cada companhia aérea. Nós viajamos de Tam e ela permite 12 litros por passageiro (lembrando que a garrafa padrão de vinho tem 750 ml).

Obs: Todas as fotos dessa postagem foram feitas por mim. 

Chile, Viagens

Compras no Chile: Parque Arauco

Nós separamos o nosso primeiro dia em Santiago para fazer compras, assim poderíamos conhecer a cidade com calma nos outros dias. Tudo bem que na prática não foi muito bem assim… Afinal de contas, quem resiste a uma lojinha fofa em cada esquina?! Para o nosso “Dia – oficial – de compras” nós optamos pelo shopping Parque Arauco, que é um dos mais completos e preferidos dos turistas.

Uma das primeiras lojas que entramos foi na Paris, que é uma loja de departamentos bem completa. Tem eletrônicos, vestuário, cosméticos, papelaria, adega… Enfim, bem completa mesmo! Fui direto para a sessão de roupa íntima e enchi a cestinha!! Encontrei marcas como Triumph, Maidenform, Palmers, Topshop e Women’ Secret (que de longe foi a minha favorita). Já havia falado sobre a marca aqui no blog, mas não conhecia as peças de perto. Encontrei vários conjuntinhos fofos e gostosos de usar. Ah, a sessão da Topshop estava bem fraquinha. Mesmo nas roupas não encontrei nada legal.

A Fallabella segue o mesmo padrão da Paris. Também é bem completa! Tem Mango, MAC, Swatch… Mas eu realmente fui feliz na sessão da Basement Collection, que eu até então desconhecia. As três peças acima são da Basement, cuja campanha é estrelada pela Kate Moss. Escolhi peças clássicas e curingas. Esse blazer virou a peça favorita do meu armário. E me joguei na tendência burgundy!

A Aldo é famosa pelos seus sapatos e bolsas, mas eu só tive olhos para os Maxi-Colares. Também comprei vários brinquinhos bonitinhos. E esses preços gente? Pena que não tinha muitos modelos, senão eu teria trago mais… rsrs.

E os cosméticos? Essa é a parte favorita da mulherada! A variedade é enorme, principalmente nas lojas de departamento. Os preços não se comparam ao do Duty-Free, mas essas lojas tem os setores chamados de Zonas de Oportunidade cheios de descontos imperdíveis! #AsMinaPira! O maior achado foi esse perfume Issey Miyake edição limitada: L’Eau d’Issey Florale. Eu uso a fragância tradicional da grife a anos. Mas essa fragrância floral é perfeita para o dia-a-dia. Custou $ 19.900 (aproximadamente 73 reais). Os lencinhos da L’Oreal são perfeitos para remover a maquiagem. Custou só $ 1.290 (menos de 5 reais), arrependi de não ter estocado, rs!

Os condicionadores John Frieda foram dica da Cony, do Futilish. Comprei na farmácia Ahumada por $ 5.490 (aproximadamente 20 reais) e o segundo saiu com 50% de desconto. Era para eu ter trazido um shampoo e um condicionador, mas eu acabei fazendo confusão e trazendo dos condicionadores, que são ótimos por sinal! Os batons da MAC saíram por 32 reais cada, a base e o studio fix saíram por 66 reais (mesma faixa de preço do Duty-Free). A tesorinha para sobrancelhas foi baratinha, mas uma verdadeira decepção.

Chile, Viagens

Compras no Chile: Nostalgic

A loja Nostalgic ficava praticamente em frente ao apartamento que ficamos em Santiago, mas admito que de início nem prestei muita atenção nela. Mas ao comentar com a Renata (fotógrafa brasileira e garçonete do Como água para Chocolate) que estava hospedada no bairro Providência, ela disse que eu não poderia deixar de ir ao Nostalgic.

A Nostalgic parece um brechó mais arrumado… Só que na realidade ela não trabalha com peças usadas, mas sim com coleções passadas e peças Vintage. As araras são abarrotadas de roupas com um precinho bem atrativo. Você poderá encontrar grifes como Yves Saint Laurent, Oscar de la Renta, Louis Vuitton…  E marcas bacanas que todo mundo adora, como Forever 21, Hollister Abercrombie. Mas também vale a pena conferir as peças sem marca (ou desconhecida), pois corre o risco de você encontrar coisa boa e barata!

É o tipo de loja que você precisa garimpar! São várias araras e milhares de peças. Mas com um pouco de paciência e um bom olho, é possível encontrar ótimos achados. Para vocês terem uma ideia de preço, o casaco vermelho da montagem acima custava $ 14.800 (aproximadamente 55 reais). É possível encontrar jaquetas de couro por pouco mais de 100 reais. Eu comprei um lenço da Louis Vuitton, uma camisa xadrez pro marido (que ele usou nessa foto aqui), t-shirts Abercrombie, casaquinho de moleton da Forever 21 (que meu irmão “carinhosamente” me chamou de paquita ao usá-la) e uma blusa com detalhes nos ombros.

 
Casaquinho da Forever 21 $ 14.900 (aproximadamente 55 reais).
Blusa cinza $ 5.900 (aproximadamente 22 reais).
Obs: Não fotografei as outras peças pois foram presentes