Orlando, Viagens

Dica de Hotel na Disney: Art of Animation Resort

Estou devendo esse post há um tempo… Ele finaliza aquela sequencia de posts sobre Disney com crianças pequenas. Para quem não lembra, eu fiz um post para cada parque: Magic Kingdom, Epcot, Hollywood Studios e Animal Kingdom, cheio de dicas para curti-los com os pequenos. Por fim, vou falar sobre o hotel que ficamos hospedados e que contribuiu ainda mais para a viagem ser incrível, o Art of Animation Resort.

DSC_0283

Essa era a entrada do nosso apartamento (notem as janelinhas dos quartos no canto direito da foto). Fofo né?

A primeira coisa que me chamou a atenção nesse hotel durante a minha pesquisa foram as suítes familiares (que comportam em média 6 pessoas confortavelmente). Ela é composta por uma suíte com banheiro de chuveiro, uma sala com sofá cama, uma pequena cozinha, mais um banheiro com banheira e uma outra sala com uma mesa que se transformava numa cama. Foi onde eu dormi e me surpreendi com o conforto! Como nessa viagem fomos eu, Lorenzo, minha mãe e minha sogra, essa disposição de apartamento foi bem interessante para todos ficarem bem a vontade.

Ainda solicitei um berço para o Lorenzo dormir com maior conforto. Deixei dentro da suíte que a minha mãe ficou. Assim poderíamos encostar a porta enquanto ele dormia e ficar batendo papo na sala ou arrumar a mala sem atrapalha-lo.

Na cozinha ainda tinha um micro-ondas, frigobar (nem todos hotéis em Orlando tem um), cafeteira e pia com utensílios. Foi super útil para esquentar as comidinhas do Lorenzo.

apartamento

Olha essa carinha?! O Lorenzo adorou a cama que ficava escondida na mesa.

O Hotel é gigantesco. Sério! Alguns dias, na volta dos parques, a gente até ficava com preguiça de andar até o quarto. Ele é dividido em temas. O primeiro é o da Pequena Sereia. São quartos um pouco mais simples (e por consequência mais em conta), ideal para casais que estão viajando com apenas um filho.

Nos prédios dos outros temas ficam as suítes familiares. São eles: Rei Leão, com suítes seguindo a decoração do filme; os prédios do Procurando Nemo, que fica mais próximo da entrada principal; e do filme Carros, que foi onde escolhemos ficar.

A área do Procurando Nemo também era onde ficava a maior parte de lazer do hotel, com uma piscina bem grande e parquinho com escorregadores. A área dos Carros também tinha uma piscina, mas eu admito que nem cheguei a usar. No “dia livre” eu fui direto para a piscina principal. O Lorenzo amou os jatinhos de água que saíam do chão.

nemo

O Lorenzo amou os jatinhos de água que saíam do chão. Ficou brincando um tempão. Ao lado, onde tem essa escultura de tartaruguinha, é um playground com vários escorregadores. Bem fofo!

Ficar hospedado dentro do Complexo da Disney tem uma série de vantagens. A primeira é que você não precisa preocupar em alugar carro. No aeroporto você pega o Magical Express, um ônibus executivo, com ar condicionado, que te leva direto para o hotel. Para ir aos Parques ou ao Downtown Disney é a mesma coisa. É só aguardar na porta do hotel, em pontos estratégicos, que os ônibus passam de tempos em tempos.

Um outra vantagem é poder agendar os Fast-Pass e fazer reservas em restaurantes com personagens com 60 dias de antecedência. Para quem se hospeda fora do complexo a agenda se abre com 30 dias de antecedência. Algumas atrações são bem concorridas e se esgotam muito rápido! Uma amiga minha foi para Disney com a família em fevereiro desse ano. Ela pediu a minha ajuda para reservar as principais atrações. Faltando um mês para a viagem, assim que abriu a reserva, eu já fui direto nas prioridades dela (ou melhor, da filha de 4 anos). Mesmo assim, não conseguimos reservar o “Café da Manhã com as Princesas” e O encontro com a Elsa e Anna, do filme Frozen” só tinha horário bem no meio do Show de Fogos (às 21 horas).

carros

Cada prédio tinha sua decoração temática. No caminho do nosso, tinha vários carros, dos personagens do filme. O Lorenzo sempre queria parar e brincar com todos. O bacana é que garante umas fotos legais e você se mantêm na magia Disney, mesmo fora dos parques.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS FOTOS E DICAS:

• Continue lendo •

Maternidade, Orlando, Viagens

Animal Kingdom com crianças Pequenas

O último parque que escolhemos visitar nessa viagem com o Lorenzo foi o Animal Kingdom. Esse parque fecha mais cedo, às 17 horas. E nós chegamos debaixo de muita chuva. Mas ainda assim deu pra curtir bastante.

DCIM100GOPRO

Chegamos no parque, que é literalmente dentro de uma floresta e fomos direto para a área da África. Lá fica a atração mais disputada do parque o Kilimanjaro Safari. Logo, agendamos um Fast Pass para fazermos ele no inicio do dia. Você entra dentro de um caminhãozinho com as laterais abertas. No passeio você verá vários animais, como Elefantes, Hipopótamos, Girafas, Zebras e até um casal de leões. Imperdível!

DCIM100GOPRO

A velocidade devagar e o balanço do caminhão foram como soníferos para o Lorenzo.

Ao lado do Safari fica o Pangani Forest Exploration Trail, um passeio a pé por dentro da mata até um cativeiro de Gorilas. O cenário é impressionante. A criançada que estava por perto adorou. Mas eu fiquei com um pouco de dó de ver dois filhotinhos em cativeiro.

AK2

Finalmente a chuva passou e o sol chegou! Então fomos explorar mais do parque. No caminho para a Tree of Life nós encontramos com o Dug & Russell, personagens do filme Up. Eles foram super fofinhos! Dá pra ver pela carinha do Lorenzo que ele curtiu demais, né?!

AK_ADVOUTPOSTA1CHARACTER_7289233707

Nós também encontramos o Mickey e a Minie no Adventure’s Outpost.

AK3

Depois nós voltamos ao início do parque para almoçar no Rainforest. A decoração simula uma floresta. Há vários bonecos de animais espalhados por todos os lados. E cada detalhe (incluindo os sons) do restaurante é super estimulante para os pequenos. Eles adoram! Ainda tem uma lojinha temática na saída para incentivar a compra de souvenirs, rsrs. Comprei um saco com miniaturas de animais por $ 10 que o Lorenzo adora brincar!  Ah, as opções de pratos são à la carte e normalmente são bem servidos.

IMG_9533

A primeira vez que eu fui no Animal Kingdom (em 2000) eu assisti um musical do Rei Leão. Essa atração existe até hoje. Mas desta vez eu quis assistir o musical do Procurando Nemo. Inclusive agendei um Fast Pass para ele, que além de furar a fila, garantiu lugares bem na frente. É um resumo do filme e dura cerca de 40 minutos. O visual é incrível! Super bem feito. O Lorenzo não piscou um minuto, rsrs. Recomendo para os pequenos e também para os gradinhos!!

AK_CRETACEOUSTRAILCHAR_7289621873

Ainda fomos para Dinoland, onde tem um parquinho para as crianças. Lá nós fomos no Tricera Top Spin, um brinquedo com dinossauros que voam, sobem e descem, parecido com o Dumbo do Magic Kingdom. E saindo de lá, encontramos com o Pato Donald. Olha o tanto que ficamos felizes!! hehehe.

Obs: Esse post conclui uma série de postagens sobre “Disney com crianças pequenas”. Seguindo essa mesma temática, eu também dei dicas sobre o Magic Kingdom, o Epcot e o Hollywood Studios. Todos os posts sobre Orlando (inclusive hotéis, parques da Universal e Casa para alugar) podem ser conferidos nesse link.

Orlando, Viagens

Epcot com Crianças Pequenas

O Epcot é um parque que sofre um pouco de preconceito. Nem todo mundo gosta! Bom, não é o meu caso (como se fosse possível não gostar de um parque da Disney né gente?!). Inclusive, é nele que fica o meu brinquedo favorito na Disney, então não tem como deixar o parque de fora da programação de visitas.

Na minha opinião, é preciso saber aproveitar o que o parque oferece! Sem dúvida, ele é o que oferece menos atrações para os pequenos, mas nem por isso ele deixa de ser interessante para eles. Além disso, é nesse parque que normalmente encontramos o maior número de personagens para tirar fotos!!

EPCOT_WRLDSHW2_7288509414

Como eu disse no início do post, o meu brinquedo favorito fica no Epcot. É o Soarin, um simulador de voo de Asa Delta, incrível! Você faz um vôo sobre a Califórnia e a sensação é indescritível. É uma das atrações mais disputadas do parque, junto com a Mission Space (simulador de um vôo espacial bem realista para Marte) e o Test Track (com uma série de testes num carro, que depois alcança 110km/h).

Mesmo agendando antecipadamente, você só consegue agendar um Fast-Pass dentre os 3 brinquedos acima. Então dificilmente você conseguirá fazer as 3 atrações no mesmo dia, já que as filas são bem longas! Vale escolher um e partir pra conhecer o restante do parque. Eu agendei um Fast-Pass  pro Soarin (que dá direito a entrar por uma fila menor e mais rápida). Fui com minha mãe enquanto minha sogra ficou com Lorenzo e depois revezamos.

DCIM100GOPRO

Depois fomos para o The Seas with Nemo and Friends. Esse brinquedo não estava com uma fila muito grande (cerca de 15 minutos). Mas como ele é um das poucas atrações para os pequenos no parque, eu não quis correr o risco e agendei o Fast-Pass  com antecedência para ele também.

No brinquedo você entra em um carrinho no formato de concha e vai “navegando” pelo fundo do mar e entre cenas do filme. O diferencial está no final do brinquedo. Você desce num local com vários aquários. Inclusive alguns bem grandes (do chão ao teto) com peixes, golfinhos, tartarugas… As crianças ficam hipnotizadas. Vale a pena!

DSC_0515

Lorenzo fascinado com o aquário

Do lado do brinquedo do Nemo fica um restaurante meio escondidinho, o Coral Reef. O serviço prestado, o cenário (dentro de um aquário com arraias, tubarões) e a comida deliciosa fazem a visita valer muito a pena. É importante fazer reserva antes!! E mesmo com a reserva nós tivemos que esperar um tempinho por uma mesa. Recomendo!

Coral reef

Restaurante Coral Reef

Após o almoço (um dos melhores da viagem) nós fomos encontrar os 3 principais personagens da Disney: Mickey, Pateta e Minnie. Também agendei um Fast-Pass, pois todo mundo queria foto com eles e não queríamos correr o risco de pegar um fila muito grande. Ainda demos uma passadinha na loja Mouse Gear, que só perde em tamanho para a loja da Disney no Downtown. Dá pra encontrar lembrancinhas para todos os bolsos e gostos.

Mickey Pateta Minnie

Com o Mickey, o Pateta (meu favorito!!) e com a Minnie. A reação do Lorenzo ao encontrar os personagens foi impagável! Os olhinhos brilhavam! E ele interagiu com todos!

Por volta de 16h30 nós fomos fazer um tour pelos pavilhões dos Países. É bom separar umas boas horinhas para eles! A gente quis dar uma passadinha em todos (já que era a primeira vez da minha mãe e da minha sogra no parque). Mas vale também selecionar seus países favoritos e gastar um tempinho neles. Realmente parece que você foi teletransportado para outro lugar.

DSC_0584

Cada país tem sua atração, suas lojinhas de souvenir  e também restaurantes/lanchonetes com opções de comidas típicas. O mais legal é que dá pra encontrar vários personagens pelo caminho. É só ficar de olho nos horários informados no app  ou até mesmo na entrada de cada país.

personagens

Encontramos a Branca de Neve na Alemanha, a Alice (no país das maravilhas) na Inglaterra e o Aladdin e a Jasmine em Marrocos.

Apesar de não ter tantos brinquedos para os pequenos, esse foi um dos parques que o Lorenzo mais curtiu. Ele amou passear pelos países! Deixei ele andar a vontade mesmo e dava pra ver no olhar curioso que ele notava as diferenças de cada país. Ele apontava e me mostrava animado cada nova descoberta.

DCIM100GOPRO

Lorenzo desbravando o Marrocos

Mas a grande atração do parque é o IllumiNations: Reflections of Earth, o show de fogos no meio do lago e efeitos de iluminação projetados em torno dos pavilhões. Simplesmente imperdível! Para fechar o dia com chave de ouro! Pena que normalmente nessa hora os pequenos já estão esgotados e nem curtem muito. Mas é um espetáculo do tipo tem-que-ver!

• Continue lendo •