Paris, Viagens

Chantal Thomass decoradora

A estilista francesa de lingeries Chantal Thomass decidiu apostar em outros ares, o da Decoração. Isso mesmo! Ela assinou nada menos que 37 quartos para o Hotel Vice Versa em Paris. Claro que os principais elementos da lingerie serviram de inspiração para os ambientes, que – por incrível que pareça – não ficou nem um pouco clichê. Confira:

Hotel Vice Versa by ChantalEsse tom de rosa combinado com o preto é a principal característica da marca criada por Chantal. Amei o detalhe em renda na cabeceira e o quadro do corset. Esse, sem dúvida, é o quarto com inspiração mais óbvia (e um dos meus favoritos, quero me hospedar aí já!). Mas os outros, que também levam sua assinatura,  seguem um padrão diferente. A estilista contou que além da lingerie, ela também se inspirou nos Sete Pecados Capitais para desenvolver a decoração.

Vice Versa 1Adorei esse quarto inspirado na Maria Antonieta (que também já serviu de inspiração para uma coleção de lingeries da marca) com direito a almofadas no formato de Macaron. Tem mais fofo?? Com tantos doces, esse quarto só pode remeter ao pecado da Gula.

Vice Versa 2

Outro quarto faz referência a monarquia francesa, mas desta vez com uma pegada mais fetichista, que também é a cara da marca. No teto, a citação “Bang Bang, my baby shot me down”, associa ao pecado da Ira.

Vice Versa 3

Decor com o dourado predominante! Para o visual não ficar tão carregado, a estilista combinou com o branco. Ficou um luxo! Esse quarto remete ao pecado do Orgulho, onde a estátua de mármore faz alusão ao Ego Inflado.

Vice Versa 4

Outros dois ambientes, que mostram bem a diversidade da estilista. Um é super feminino (com gravura de sapatos e bolsas na parede. Remete ao pecado da Inveja e as mulheres viciadas em compras) e o outro é mais sério faz alusão a ganância (com uma parede de tijolos aparente contrastando com a parede de notas).

Para quem está de viagem marcada para Paris e gostou do hotel eu fiz uma pesquisa no Booking. As diárias dos quartos clássicos saem a partir de R$ 379,00. Já os quartos na categoria luxo saem a partir de R$ 463,00 (Preços pesquisados em janeiro de 2015).

Chile, Viagens

Compras no Chile: Parque Arauco

Nós separamos o nosso primeiro dia em Santiago para fazer compras, assim poderíamos conhecer a cidade com calma nos outros dias. Tudo bem que na prática não foi muito bem assim… Afinal de contas, quem resiste a uma lojinha fofa em cada esquina?! Para o nosso “Dia – oficial – de compras” nós optamos pelo shopping Parque Arauco, que é um dos mais completos e preferidos dos turistas.

Uma das primeiras lojas que entramos foi na Paris, que é uma loja de departamentos bem completa. Tem eletrônicos, vestuário, cosméticos, papelaria, adega… Enfim, bem completa mesmo! Fui direto para a sessão de roupa íntima e enchi a cestinha!! Encontrei marcas como Triumph, Maidenform, Palmers, Topshop e Women’ Secret (que de longe foi a minha favorita). Já havia falado sobre a marca aqui no blog, mas não conhecia as peças de perto. Encontrei vários conjuntinhos fofos e gostosos de usar. Ah, a sessão da Topshop estava bem fraquinha. Mesmo nas roupas não encontrei nada legal.

A Fallabella segue o mesmo padrão da Paris. Também é bem completa! Tem Mango, MAC, Swatch… Mas eu realmente fui feliz na sessão da Basement Collection, que eu até então desconhecia. As três peças acima são da Basement, cuja campanha é estrelada pela Kate Moss. Escolhi peças clássicas e curingas. Esse blazer virou a peça favorita do meu armário. E me joguei na tendência burgundy!

A Aldo é famosa pelos seus sapatos e bolsas, mas eu só tive olhos para os Maxi-Colares. Também comprei vários brinquinhos bonitinhos. E esses preços gente? Pena que não tinha muitos modelos, senão eu teria trago mais… rsrs.

E os cosméticos? Essa é a parte favorita da mulherada! A variedade é enorme, principalmente nas lojas de departamento. Os preços não se comparam ao do Duty-Free, mas essas lojas tem os setores chamados de Zonas de Oportunidade cheios de descontos imperdíveis! #AsMinaPira! O maior achado foi esse perfume Issey Miyake edição limitada: L’Eau d’Issey Florale. Eu uso a fragância tradicional da grife a anos. Mas essa fragrância floral é perfeita para o dia-a-dia. Custou $ 19.900 (aproximadamente 73 reais). Os lencinhos da L’Oreal são perfeitos para remover a maquiagem. Custou só $ 1.290 (menos de 5 reais), arrependi de não ter estocado, rs!

Os condicionadores John Frieda foram dica da Cony, do Futilish. Comprei na farmácia Ahumada por $ 5.490 (aproximadamente 20 reais) e o segundo saiu com 50% de desconto. Era para eu ter trazido um shampoo e um condicionador, mas eu acabei fazendo confusão e trazendo dos condicionadores, que são ótimos por sinal! Os batons da MAC saíram por 32 reais cada, a base e o studio fix saíram por 66 reais (mesma faixa de preço do Duty-Free). A tesorinha para sobrancelhas foi baratinha, mas uma verdadeira decepção.

Paris, Viagens

About Paris

 Minha amiga Carol vai passar alguns dias na Europa e me pediu dicas sobre Paris. Contei com a ajuda do meu marido, que morou na França por um tempo, para dar dicas úteis principalmente para aqueles que visitaram a cidade luz pela primeira vez.

Dizem que o francês é chato e metido. Isso não é verdade. Essa imagem vem do comportamento do parisiense. Paris é a cidade mais visitada do mundo. Acho que por isso o parisiense é extremamente impaciente com turistas e chega a ser até mal educado. É como se você estivesse com visita para sempre na sua casa… Por isso ter uma noção básica de francês ajuda na comunicação e torna o francês mais afável.

Em todos os momentos do dia, mesmo a noite, você pode cumprimentar o francês com o famoso Bonjour. Agora na França é verão e o dia (entenda-se claridade) vai quase até às 22 hs. Nas compras para perguntar o preço é C’est Combien (é quanto?) pronúncia Ce Combian.

Passeios a Tour Eiffel, Versailles (para se sentir a própria Maria Antonieta, mas sem perder a cabeça, claro!), Louvre, Arc du Triunfe (e de quebra as lojas perfeitas da Avenida Champs Elyssés)  são inspispensáveis! Mas também sugiro uma visita La Defense. Ela é pouco visitada pelos turistas, já que fica fora da Paris histórica, mas também é muito bonita!  Lá perto tem uns Shoppings bem bacanas e que são freqüentados por franceses. Ou seja, mais baratos!

Não deixe de ir ao Jardin du Luxembourg. A cidade é cheia de jardins, mas esse é sem dúvida o mais bonito. É perfeito para descansar depois de uma boa caminhada ou até mesmo curtir um picnic. O Moulin Rouge é meio sem graça, mas vale a pena ir até lá, tirar algumas fotos e subir a pé até a Basilique du Sacré-Cœur. A vista é imperdível!

 

A gastronomia em Paris é única! Mas não precisa pagar muito para comer bem. As Boulangeries (padarias) vendem delíciosos croissant, macarons e brie. Sem contar que em cada esquina você encontra creperias e carrinhos de baguettes. E pra quem não quer sair da dieta, aproveite para caminhar bem pela cidade. Você aproveita os pontos turísticos e ainda queima as calorias.

Use o metrô sem medo nenhum. É muito, muito, muito fácil mesmo se orientar dentro do metrô que costumam dar os pontos turísticos como referência. Mas caso você se perca, pegue a referência da região (Arrondissements). Cada região tem um número, por exemplo: A igreja de Notre Dame, a Sorbone e o Jardin Du Luxembourg ficam no Quartie Lantin que está no 5º e 6º Arrondissements. Esse site é a salvação do metrô de Paris e tem versão em inglês e espanhol.

Aproveite as dicas, tire várias fotos e Bon voyage!

Ah, quem tiver mais dicas sobre Paris fique a vontade para deixá-las nos comentários.