Inspiração

Sábias Palavras: Oscar Wilde

Be You

“Be Yourself! Anyone else is already taken!”

Ahhh, quanto tempo não faço um post com Sábias Palavras!

E o que me inspirou a escrever esse foi uma citação de Oscar Wilde que deveríamos adotar como mantra diário. Traduzindo: Seja você mesmo! As outras personalidades já foram todas tomadas.

be you2

Esse é um bom pensamento para esse inicio do ano! Temos que ser nós mesmos e aprender a nos amar assim… do jeitinho que nós somos! Claro que podemos nos aperfeiçoar sempre. Mas nunca se espelhando em outra pessoa. Veja bem, inspiração é diferente de espelhamento. Vale sim se inspirar em pessoas que são um exemplo para nós. Mas querer ser igual a essa pessoa pode ser um tanto frustrante. Afinal de contas, ninguém é melhor do que você!

E não posso deixar de comentar que ontem a Soft comemorou 7 anos!! Uhurrull!!!

Inspiração

Sábias Palavras: Cate Blanchett

Normalmente os posts da tag Sábias Palavras trazem alguma citação relevante sobre lingerie. Algo que seja marcante ou que me inspire de alguma maneira! Apesar de não falar sobre lingerie, as Sábias Palavras de hoje de fato me inspirou… E não foi só a inspiração para escrever esse post, mas para refletir sobre a relevância de algumas informações que a mídia insisti e difundir.

Cate-blanchett-short-hair-2013

Vocês sabem que o Festival de Cannes acabou de acontecer. Durante a coletiva do filme Carol, um repórter perguntou a Cate Blanchett, personagem principal do filme, se ela já tinha tido relacionamentos com mulheres. Vale frisar que a história do filme se passa nos anos 50 e mostra o romance homossexual entre duas mulheres (Cate e a atriz Rooney Mara, do filme “Os Homens que Não Amavam as Mulheres”). Cate elegante como sempre – respondeu: respondeu: “Sim, já tive vários relacionamentos com mulheres. Mas, se você quis dizer sexuais, não, não tive nenhum”. Claro que a mídia enfatizou somente a primeira parte da resposta e o alvoroço foi geral.

tweet cannes 2015

Claro que esse tipo de chamada é feito para incentivar o clique, para instigar a curiosidade do leitor. Mas é o tipo de coisa que me deixa com raiva! Primeiro que esse tipo de pergunta não tem relevância alguma! A atriz estava divulgando um trabalho e o foco da entrevista deveria ter sido esse. Segundo, que a resposta da atriz foi quase manipulada pelo repórter, de forma que parecesse algo “mais interessante” ou seja, que chamasse maior atenção a sua matéria. Eu sinceramente acho antiético.

Cate acabou sendo obrigada a fazer um novo pronunciamento que mereceu o post pelas Sábias Palavras! Ela disse:

“Em 2015, a questão deveria ser: ‘quem se importa?’ Me chame de antiquada, mas eu achava que o trabalho de um ator não era representar seu próprio, pequeno e monótono micro universo, mas sim de expandir o seu senso de universo e criar uma conexão psicológica com a experiência de um personagem, para que você possa melhor representá-lo. Para que você possa apresentar um outro mundo ao seu público. Eu acho que o que acontece hoje é que, se você é homossexual, você é obrigado a falar sobre isso constantemente, isso vira um assunto que vem antes mesmo do seu trabalho ou de qualquer outro aspecto da sua personalidade. Estamos vivendo um tempo muito conservador. Se você não concorda, você está sendo ingênuo.”

Cate sendo elegante, como só ela sabe ser! E qual é a opinião de vocês. Concordam com esse tipo de chamada jornalística ou também acham que a pergunta foi totalmente sem noção?

Inspiração

Inspiração de Domingos & Sábias Palavras

Hoje eu resolvi juntar duas tags num post só. A inspiração desse domingo é uma citação que a atriz Grazi Massafera deu numa entrevista. O que ela disse sobre lingerie cabe muito bem na nossa tag Sábias Palavras, que estava um tanto esquecidinha aqui no blog. Confira:

Grazi Massafera sobre Lingerie

Alguém aí discorda?