Nova York, Viagens

Nova York: The High Line

the highline1

Um dos lugares que eu mais queria visitar nessa viagem para Nova York era o High Line. É um parque suspenso, criado em cima de uma antiga linha de trem desativada.

DSC_0126

O parque cobre mais de 10 quadras e tem várias entradas. Então você pode caminhar o quanto quiser ou o cansaço permitir. Fui da 16th até o final (ou seria início) na 30th! Tem um mapa em pdf nesse link aqui. Vale aproveitar a caminhada sem pressa, já que a gente tende a fazer tudo correndo em NY.

DSC_0140

Próximo à altura da 25th tem uma arte do brasileiro e mega talentoso Kobra. Vale tirar algumas selfies por lá e mandar para o namorado(a)/marido/esposa que ficou no Brasil, hehe. Ao longo do parque, inclusive, é possível encontrar várias artes bacanas. É como uma galeria ao ar livre.

DSC_0128

Comprei algumas delícias no Chelsea Market (post aqui no blog em breve) e escolhi um ponto qualquer no parque para lanchar com calma. Assim como esse senhor estiloso, que eu achei super fotográfico e não resisti ao clique.

DCIM100GOPRO

Alguns trechos são rodeados por prédios residenciais bem bacanas. Deve ser um metro² caríiiissimo! E ainda você encontra brinquedos infantis espalhados pela sala, como na foto abaixo. Mães entenderam, hehehe. Impossível não se identificar e lembrar do Lorenzo nessa hora.

THL2

High Line Park: São vários pontos de acesso. Os melhores são as duas pontas: na Gansevoort (a primeira abaixo da 13; desça na estação 14th St x 8th Ave., servida pelas linhas A, C, E ou L) e na rua 30 com 10ª Avenida (desça na Penn Station e venha caminhando). Esses dois acessos têm elevadores. O parque abre diariamente das 7h às 23h. A entrada é gratuita e há stands com comida e bebida numa área coberta situada no meio do percurso.