Miami, Viagens

Miami: Dica de Hospedagem

Tag de Miami

Comentei com vocês nesse post aqui sobre a viagem que fiz a Miami no mês passado. Fui com o intuito de preparar o enxoval do meu baby e consegui fazer tudo o que havia planejado. Então, para ajudar as futuras mamães de plantão, reuni algumas dicas essenciais que irão aparecer nos próximos dias aqui no blog. Essas postagens são resultado de meses de pesquisa (sério, pelo menos 80% do meu tempo online nos últimos meses foi pesquisando e planejando o enxoval). Tenho certeza que essas dicas serão úteis para aqueles que estão pensando em fazer o enxoval na cidade.

Primeiramente, Por que Miami? Foi uma das perguntas que mais ouvi das minha amigas. Minhas outras opções eram Orlando (que inclusive já havia visitado no início desse ano) e Nova York (que visitei há alguns anos atrás). Acredito que é possível fazer boas compras nas duas cidades. Mas Miami me pareceu a melhor opção em: custo x benefício, opção de lojas e otimização de tempo. Sem contar a possibilidade de conhecer uma cidade que ainda não conhecia (só estive uma noite em Miami durante uma ponte aérea para Orlando, então nem conta!). E também o fato de ter amigos morando na cidade (vai que eu precisasse de um Help né?).

Onde Ficar

Por incrível que pareça, uma dos itens que mais gastei tempo pesquisando foi Onde ficar. Miami tem ótimas opções de hospedagem. Mas tudo vai depender do motivo da sua viagem: compras, turismo, descanso… No meu caso optei pela região de Doral, que literalmente tem tudo! Há poucas milhas do meu hotel havia um Wall-Mart 24 horas (enorme), Baby R Us, uma loja de itens de festa (esqueci o nome, mas depois atualizo aqui. Comprei várias coisinhas para o meu chá de bebê), Target, Best Buy, váaarias opções de restaurantes e o Dolphin, um outlet com ótimos achados. Alugamos um carro com GPS e não tivemos nenhum problema.

Hospedagem

Depois de definida a região, faltava escolher a Hospedagem. Sempre faço a reserva pela internet (no booking, hoteis.com ou decolar.com), mas antes de decidir confiro os comentários dos últimos hospedes sobre o local no Trip Advisor. Aí não tem erro! Há várias opções de hotéis em Doral. Seguindo o esquema daquela viagem pro Chile (que mostrei aqui) optei por um apart-hotel, o Extended Stay America (se você clicar no nome vai até ver a minha fotinha e comentário no Trip Advisor, rsrs).

Quarto miami

Ele é bem avaliado, tem bons comentários e poucas críticas. As reclamações normalmente eram sobre o café da manhã. Ele não é do tipo colonial, como estamos acostumadas. Na recepção me informaram que era um Muffin + suco de laranja ou café, mas nem fui lá ver. Assim que cheguei fui direto no Wall-Mart e comprei comidinhas suficientes para todos os cafés da manhã da hospedagem. A cozinha tinha todos os utensílios necessários.

Outra reclamação comum é sobre a ausência de serviço de quarto (em hospedagem com menos de 8 dias). Mas isso no meu caso foi um fator positivo. Não queria me preocupar com as malas e caixas abertas no quarto quando eu estivesse fora. Já tive problemas com isso! Na chegada, encontramos o quarto em boas condições, bem limpinho e arrumadinho. Caso você precise de mais toalhas ou sabonetes, por exemplo, é só solicitar na recepção. Mas você pode solicitar o serviço de quarto se necessário e pagar uma taxa por fora.

foto(1)

Se serviço de quarto é artigo de luxo, imagine Carregador de Bagagem?! Só tinha um carrinho a disposição. Quando chegávamos com compras no final do dia não era nem tão ruim (vide o sorrisinho da Carla acima, minha companheira de viagem) mas na hora de descer com 5 malas, de madrugada e colocar no porta-malas do carro… Aí sim, o carregador fez muitaaa falta! Como eu não posso carregar peso sobrou tudo pra Carlinha, coitada!

O único probleminha que tive foi quando saí para jantar a noite e deixei o cartão/chave do quarto junto com o celular. Ele foi desmagnetizado, tive que ir até a recepção solicitar outro e não havia funcionário de plantão. Por sorte encontrei uma senhora da limpeza (que não falava inglês, como assim?!) e consegui solicitar um novo cartão. Ela não ficou muito feliz com isso – até porque não era trabalho dela – mas conseguiu resolver (claro que eu tive que provar com documentos que eu era a hospede de fato. Mas isso é questão de segurança e me deixou mais tranquila).

Detalhe importante: O Extended Stay aceita receber encomendas. Tomei o cuidado de enviar um email antes perguntando e depois avisando que elas estavam a caminho. Coloquei no meu nome + Hotel Guest arriving (e o dia da chegada).

Obs: Se você prefere ficar num hotel, não deixe de conferir os comentários no Trip Advisor (clicando aqui) antes de fechar a sua reserva. Também há boas opções para aluguel de temporada (confira aqui).

Chile, Viagens

Chile: Trocando Hotel por Apartamento

Sempre que planejo alguma viagem, eu recorro a blogs e sites especializados no assunto para pegar todas as dicas possíveis. Nessas férias, o destino escolhido foi Santiago, capital do Chile. E a pesquisa antes foi grande! Mas senti falta de um guia mais completo sobre a cidade. Então vou postar algumas dicas úteis por aqui, a começar pelo “Onde ficar”!

Enquanto planejava a hospedagem, eu tinha uma certeza: Ficaria no bairro de Providência. Minhas pesquisas apontavam que esse é o local ideal para se hospedar e conhecer a capital Chilena. O único problema, é que pelas fotos os hotéis da região pareciam ser um pouco antigos. E baseado em experiências passadas, sei que hotel antigo + com carpete estraga qualquer viagem. Foi então que no Trip Advisor (Valeu a dica, Pri!) descobri algumas opções de apartamentos mobiliados.

A minha escolha foi o apart Costa de Lyon, que fica na rua de mesmo nome. Com ar-condicionado, cama box (com travesseiros e lençóis novos), tv a cabo, wi-fi, banheiro com banheira, todos os eletrodomésticos que você pode precisar e também aqueles que você nem saberá como usar.

O bairro Providência é super gostoso! Ele possui vários cafés e restaurantes charmosos! O apartamento não oferece café da manhã, mas com tantas opções pelo bairro isso não foi um problema. Para vocês terem uma idéia, eu era vizinha da Starbucks e da Dunkin’ Donuts. Acho que até voltei mais gordinha… rsrs.

Com metrô “na porta” e a ajuda de um mapinha para se localizar, você pode ir aos principais pontos da cidade sem grandes segredos. Só precisei recorrer ao taxi para ir ao aeroporto. O bairro também tem um comércio ótimo… Mas isso já é assunto para um próximo post, hehe!