Califórnia, Viagens

Vinícolas da Califórnia: Napa Valley e Sonoma

Para dar continuidade aos posts sobre a nossa viagem para a Califórnia, hoje vou mostrar as vinícolas que escolhemos conhecer em Napa Valley e Sonoma. Os vales são a segunda atração mais visitada da Califórnia (só perde para a Disneyland).

Os vinhos californianos são conhecidos, respeitados e prestigiados por serem de extrema qualidade. Depois dos três países mais tradicionais na vinicultura internacional (França, Itália e Espanha) o estado americano é o maior produtor de vinho no mundo. Ou seja, é a quarta potência no que se refere ao cultivo, produção e comercialização da bebida em todo o planeta.

Nós escolhemos começar essa viagem por San Francisco (que já mostrei nesse post aqui) justamente pela proximidade com Napa Valley e Sonoma. Elas ficam à aproximadamente 1h15 de carro de SanFran. Saímos cedo e voltamos no final do dia. Como a maioria das vinícolas fecham as 17h, ainda dava para curtir um pouco da noite de SanFran.

IMG_5568

No primeiro dia nós fomos para Napa Valley e nossa primeira parada foi na vinícola de Opus One, em Oakville. É uma das vinícolas mais famosas da região. Inclusive é conhecido mundialmente como um dos melhores blends da Califórnia. Então decidimos começar logo por ela, rsrs!

A vinícola tem uma arquitetura imponente e que já vale a visita. Vale frisar que tour deve ser agendado previamente. Nós não fizemos isso, então tivemos que nos contentar apenas com a degustação. Escolhemos o terraço para fazer a degustação e o visual é bem bacana! O vinho é sensacional e vale trazer na mala, já que a diferença de preço é considerável (A garrafa do vinho principal no Brasil sai por volta de 1.800 reais. Por lá você paga cerca de 200 dólares).

Opus One Winery

Opus One: 7900 St Helena Hwy, Oakville | Aberto de 10h às 16h | Degustação: $ 45 (por taça) + $ 15 (se optar também pelo vinho de abertura).

vinho

Em seguida nós fomos para a vinícola Robert Mondavi, que fica bem em frente da Opus One. O Robert Mondavi inclusive foi quem ajudou a mudar a história dos vinhos de Napa. Descendente de italianos, seu sonho era produzir vinhos californianos de alta qualidade, que pudessem ser equiparados aos melhores vinhos do mundo. E conseguiu! Ele também é um dos fundadores da Opus One, junto com o Barão Philippe de Rotschild.

A vinícola está completando 50 anos e é uma das mais tradicionais da Califórnia. Optamos pelo tour com degustação. Nossa Guia, a Joy, foi super atenciosa e explicou com detalhes todo o processo de fabricação dos vinhos. Ela também explicou um pouco sobre a geografia do vale e sobre a uva local, a zinfandel. O Tour vale super a pena! Os vinhos são saborosos e é possível encontrá-los no Brasil.

Robert Mondavi

Robert Mondavi:  | Aberto de 10h às 17h | Tour e Degustação: $ 30 com 4 taças

Vídeo com imagens das duas vinícolas, tours e vinhos que trouxemos na bagagem

vinho

No dia seguinte nós fomos para Sonoma. A ideia era conhecer pelo menos duas vinícolas, mas nos empolgamos tanto com a primeira parada que acabamos ficando por lá. Foi na vinícola do Francis Ford Coppola. Admito que estava bem animada, já que ele é um dos meus diretores favoritos. Mas o local superou todas minhas expectativas!

Coppola winery

O local é lindo! Inclusive também funciona como um clube e tem opções para quem quer só passar o dia na piscina (os lugares são disputadíssimos. As reservas normalmente acabam com antecedência). Há também várias salas com peças dos principais filmes do diretor, como por exemplo a mesa do Don Corleone em Poderoso Chefão. E também os prêmios que ele já ganhou! Há também peças em exposição dos filmes dirigidos pela Sofia Coppola, filha dele (que fez um dos meus filmes favoritos, o Lost in Translation). Eu gastei uma boas horas vendo cada cantinho.

IMG_8271

São duas opções de degustação. A primeira acontece num bar do térreo. A maioria dos visitantes ficam por ali. A segunda é um pouquinho só mais cara. Porém acontece no andar de cima, mais reservado, e com a seleção dos vinhos premium da casa. Eu acredito que essa opção vale mais a pena! O vinho mais barato da seleção que degustamos já custava mais caro do que o preço da degustação. Você irá conhecer vinhos diferenciados, muito saborosos e um pouco da história de cada um deles. Recomendo!

Há vários itens a venda que fogem do tradicional souvenir. São ótimas opções de lembranças para você e também para trazer de presente. Vale gastar um tempinho (e alguns dólares) por lá.

Francis Ford Coppola Winery: 300 Via Archimedes, Geyserville | Aberto de 11h às 21h (porém a degustação funciona só até as 18h) | Degustação: $ 18 ou $ 25 com 4 taças dos vinhos premium | Visita ao museu sem custo

.

vinho

Essas foram as vinícolas que nós conhecemos nesses dois dias. Nos vídeos há mais imagens dos locais e uma apresentação dos vinhos que a gente achou que valia trazer na bagagem. Acredito que se tivéssemos apertado o passo, daria pra ter conhecido mais umas duas vinícolas. Mas quando viajamos de férias, a gente gosta de curtir o momento com calma e não somente “carimbar atrações” no passaporte, sabe?! Então vai do estilo de cada um.

Quem quiser dicas sobre onde almoçar ou jantar em Napa Valley ou Sonoma clique aí embaixo em “Continuar Lendo” para ver mais.

Napa Valley é conhecida por ter ótimos restaurantes. Vários deles inclusive tem estrelas Michelin, como o famoso Bouchon Bistro, The French Laundry, Terra, La Toque, entre outros. A maioria trabalha com menu degustação que vai de $100 a 250 dólares.

Nós escolhemos uma opção sem estrelas, mais em conta, porém com uma boa reputação no TripAdvisor: o italiano Bottega. Ele fica no V Marketplace, que é uma região super gostosa. Vale um passeio a pé por lá. Fica bem na entrada de Yountville

bottega

Antes de sair para Napa, nós tomamos um café da manhã reforçado em SanFran. Também compramos água, alguns snacks e queijos para ir beliscando entre uma visita e outra. Degustação de bebida alcoólica de barriga vazia não dá né gente?! Fizemos as duas vinícolas primeiro e acabamos deixando para almoçar jantar no final do dia. Então já chegamos no restaurante morrendo de fome. Só lembrei de fotografar as entradas:

IMG_5577

De entrada: “Il Piatto di Salumi e Formaggi” (prosciutto da casa, salame calabresa e toscana, amêndoas sicilianas, passas secas de vinha e quejos Teleme, Montasio, Chianti Pecorino). Uma delícia!! E para acompanhar Lulas à Calamari (a direita da foto).

vinho

Como se não bastasse a excelente experiência que a vinícola do Coppola oferece, eles ainda tem um restaurante no local que eu recomendo fortemente. Não tem como dar errado: uma vista incrível + garçons atenciosos + comida saborosa + ótimo vinhos + preço justo. É a melhor maneira de encerrar a visita a vinícola!

IMG_8269

As massas tinhas destaque no menu, então foi a escolha de todos na mesa. Eu fui de spaghetti a carbonara (simplesmente perfeito!), meu marido optou por um spaghetti com frutos do mar e molho pesto (não lembro o nome exato. Mas eu provei e estava muito bom também!). O outro prato foi a escolha da maioria na mesa, penne com almôndegas.

coppola restaurant

Pratos sem frescura, mas extremamente saborosos

Comente pelo Facebook
Escreva seu comentário
* Preenchimento obrigatório. Seu email não será divulgado.
Quer que sua foto apareça no comentário? Clique aqui